Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

A influência das asas nasais na Rinoplastia

 

O nariz é formado, basicamente, por ossos, cartilagens septal, alar e lateral superior, além de pele. Essa é a porção externa – o que é visto a olhos nus – que assume as características étnicas e físicas de cada paciente.

 

Todo e qualquer manejo realizado na face – e, principalmente, no nariz – é capaz de alterar proporções, simetria, equilíbrio e semblante. Algumas estruturas do nariz, como a ponta nasal, por exemplo, exercem grande influência em toda o seu formato e, quando manipuladas durante uma rinoplastia, conseguem, normalmente, melhorar as queixas dos pacientes que procuram por esse tipo de cirurgia.

 

A influência das asas nasais no formato nasal e no equilíbrio facial é o tema desse artigo. Continue a leitura e entenda como essa estrutura pode ser manipulada e quais são os manejos indicados para que essa influência seja positiva.

 

AS ASAS NASAIS

 

Também chamadas de narinas, aletas ou abas nasais, as asas do nariz são o processo lateral do septo nasal. Essa estrutura é responsável por unir o lóbulo da ponta nasal ao rosto.

 

Seu formato é o que ajuda a determinar se o nariz é largo ou fino, já que, de acordo com os parâmetros de análise de simetria e proporcionalidade nasal, a largura da base nasal é avaliada pela distância entre um canto do olho ao outro, comparada à distância de uma asa nasal à outra.

 

Cada tipo de nariz apresenta essa estrutura de forma diferente, sendo que:

Narizes caucasianos (aduncos ou romanos) – possuem asas nasais estreitas.

Narizes negroides e asiáticos – possuem asas nasais alargadas.

 

Os manejos nessa estrutura devem ser minuciosamente avaliados pelo cirurgião que realizará a rinoplastia.

 

ASAS NASAIS NA RINOPLASTIA

 

Primeiramente, é preciso dizer que ao final de toda rinoplastia, o cirurgião observa a base do nariz e avalia a necessidade do manejo nas asas nasais, para que o novo formato esteja de acordo com a proporção facial, e aliado a um resultado natural. Quase sempre é necessário o manejo nessa região.

 

A ressecção das asas nasais é, portanto, o procedimento realizado – quando necessário – ao final da cirurgia, quando o “novo nariz” já se encontra moldado e definido e é caracterizado pela retirada de uma pequena porção de pele, nas laterais das narinas.

 

Há também a possibilidade de realizar enxertos compostos nessa região. Ainda que seja raro, em alguns casos, é possível realizar a técnica para melhorar a estrutura do nariz que se apresente extremamente fino.

 

A alectomia é o nome do procedimento voltado para a correção dessa estrutura nasal, no entanto, dificilmente é realizada de forma isolada, já que pode resultar em uma desproporção do nariz em relação à sua base.

 

 

 

ASAS NASAIS E O RESULTADO

 

Como, geralmente, o manejo realizado nas asas nasais é feito em conjunto com outras técnicas da rinonplastia, como enxertos, ressecções, osteotomias, rotação e projeção de ponta nasal – dependendo de cada caso e sua necessidade – o resultado não se mostra de forma isolada, mas é percebido pelos pacientes à medida em que os edemas são absorvidos pelo organismo.

 

É fato que os pacientes que possuem nariz do tipo negroide e asiático, dependendo da porção retirada das asas nasais, perceberão a alteração com mais facilidade, uma vez que a largura do nariz é uma das principais queixas de pacientes com essas características.

 

É preciso lembrar que a decisão da realização do manejo nessa estrutura nasal deve ser discutida e indicada pelo cirurgião responsável pela rinoplastia.

Saiba como escolher um bom cirurgião .

 

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados