Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Nariz torto ou desviado?

Oito em cada dez pacientes apresentam algum desvio no septo nasal. Uma ocorrência bastante comum e alvo de muitas insatisfações e indicações cirúrgicas.

 

Nem todo desvio de septo é igual e neste artigo você entenderá a diferença entre eles e a técnica cirúrgica indicada para cada correção.

 

NARIZ TORTO X NARIZ DESVIADO

 

Quando o septo não apresenta tortuosidade, mas não se encontra na porção central da face, o nariz é considerado desviado. Trata-se de uma condição genética, ligada ao crescimento facial.

 

Já quando há tortuosidade no septo, mesmo que ele esteja na porção central da face, o nariz é considerado torto. Essa tortuosidade pode ser classificada em “S” ou “C”.

 

Em ambos os casos, os problemas funcionais e a assimetria facial estão diretamente relacionados.

 

COMO SABER SE VOCÊ TEM UM NARIZ TORTO OU DESVIADO

 

Dependendo do grau de desvio e tortuosidade, essa condição pode passar despercebida pelo paciente.

No entanto, quando a alteração se apresenta de forma acentuada, é possível notar facilmente.

 

As queixas quanto à funcionalidade nasal são comuns nesses pacientes. A obstrução nasal é a primeira a ser relatada em consultório.

 

No que diz respeito à estética, um paciente que possui essa condição no septo pode apresentar:

– Narinas assimétricas

– Um lado da face maior que o outro

 

Os parâmetros de análise e medidas faciais permitem avaliar a alteração do equilíbrio da face e o grau de desvio, através das proporções nasais e harmonia facial. As medidas mais utilizadas para essa avaliação são as da linha central, do dorso e as da base nasal.

 

Os exames de imagem, como a videoendoscopia e a tomografia dos seios paranasais complementam e fecham o diagnóstico de tortuosidade ou desvio do septo nasal.

 

COMO É FEITA A CORREÇÃO?

 

Um septo torto ou desviado é corrigido cirurgicamente. O procedimento recebe o nome de septoplastia. Quando a proporção e estética nasal também são corrigidas, a cirurgia recebe o nome de rinosseptoplastia.

 

Para essa correção, o cirurgião tem lá seus desafios.

 

Em virtude da assimetria facial provocada pela condição de desvio e/ou tortuosidade, os manejos cirúrgicos são voltados para o reposicionamento dos ossos, septo e cartilagens nasais de maneira natural.

 

As osteotomias duplas e simples podem ser necessárias para a correção do equilíbrio facial, mas não é uma obrigatoriedade. Já os enxertos são bastante utilizados nesse tipo de cirurgia, para formar uma nova estrutura septal.

 

A ponta nasal, geralmente, também precisa ser manipulada. A rotação pode ser necessária para acompanhar a alteração realizada no dorso nasal.

 

E O RESULTADO?

 

Em termos de funcionalidade nasal, o resultado é percebido assim que o edema mais intenso é absorvido.

 

Em termos de estética facial, este resultado vai sendo percebido à medida em que o nariz vai se adequando à nova estrutura. Por volta do terceiro mês após a cirurgia, é possível notar que o nariz já se encontra melhor posicionado e mais adequado às proporções faciais, mas o resultado final só se apresenta em torno de oito meses após a cirurgia, dependendo, é claro, da evolução de cada paciente.

 

Há casos em que o grau de tortuosidade e/ou desvio são tão severos que fazem com que a face, como um todo, acompanhe a deformidade. Para esses pacientes é comum a impressão de que a condição não foi corrigida totalmente.

 

Procurar um cirurgião experiente é o primeiro passo para solucionar problemas como narizes desviados ou tortos.

 

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados