Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Rinoplastia – Análise de Caso – Nariz Caucasiano

 

São muitos os pacientes que se submetem a uma cirurgia de nariz, visando não só questões funcionais, como também as que alteram a proporcionalidade nasal e o equilíbrio facial.

 

Apesar de, anatomicamente, a estrutura nasal ser a mesma em todas as pessoas, existem detalhes que fazem com que cada nariz seja único e, por consequência, a cirurgia também.

 

O artigo de hoje é o primeiro de uma série que tem como intuito ilustrar os manejos necessários – possibilitados pela rinoplastia – para os diferentes tipos de nariz, através da análise de casos atendidos durante os anos de profissão.

 

O primeiro tipo de nariz a ser analisado será o nariz caucasiano, já que ele está entre os tipos de nariz mais operados. Continue a leitura e entenda como é a rinoplastia para narizes que se enquadram nessa categoria.

 

 

 

NARIZ CAUCASIANO

 

 

Subdividido em adunco e romano, geralmente, o nariz caucasiano é encontrado em pacientes que possuem descendência árabe, italiana

ou judia e, como principais características têm:

– Dorso alto

– Nariz grande

– Ponta caída

– Projeção curvada

– Com presença ou não de giba nasal

– Cartilagens fortes

– Pele fina

– Formato mais fino

– Narinas mais fechadas e em formato ovalado

 

Essas características seguem, na maioria das vezes, a estrutura do próprio rosto do paciente que, por sua vez, são mais ovalados e oblongos, compridos e estreitos.

Continue a leitura e acompanhe esse caso de rinoplastia para nariz caucasiano.

 

 

A AVALIAÇÃO DA PACIENTE

 

A paciente foi avaliada de acordo com os protocolos indicados para a primeira consulta.

 

Queixa principal: giba nasal, nariz comprido e ponta caída – principalmente na hora em que sorria.

 

A avaliação realizada de acordo com os parâmetros de análise de simetria e proporcionalidade nasal auxiliou no diagnóstico e na identificação do nariz que, por sua vez, possuía angulação naso-labial menor de 95 graus e comprimento nasal maior do que a distância dos lábios inferiores (meio da boca) até o queixo.

 

Indicação cirúrgica: rinoplastia redutora.

 

A CIRURGIA

 

Tipo de rinoplastia: Redutora

Tempo de cirurgia: Entre 2 e 3 horas

Tipo de anestesia: Geral

 

Manejos utilizados:

  • Redução do dorso nasal, através de lixamento e osteotomias – feitas, hoje em dia, com o equipamento ultrassônico – piezotome – que possibilita maior controle sobre as fraturas necessárias, menor trauma das mucosas o que leva uma formação minimizada de hematomas.
  • Rotação ascendente da ponta nasal, para a correção do aspecto caído do nariz
  • Enxerto apenas na ponta nasal, para uma estabilização e sustentação do novo formato.

 

Não houve necessidade de manejos nas asas nasais, posto que sua estrutura já se encontrava afinada, dentro dos padrões estabelecidos pelos parâmetros de análise de simetria e proporcionalidade nasal.

 

 

EVOLUÇÃO E RESULTADO

 

O caso em questão apresentou uma evolução rápida e favorável, com poucos hematomas. Entre dois e três meses após o procedimento, já foi possível perceber a redução de tamanho e uma proporcionalidade maior do nariz em relação à face da paciente, principalmente se visto de perfil.

 

Com cerca de oito meses, o edema já se encontrava totalmente absorvido.

 

ATENÇÃO!

 

Os casos relatados nessa série de artigos são ilustrativos, com o intuito de facilitar o entendimento das técnicas utilizadas, buscando o resultado pretendido.

 

É importante dizer que cada caso é único, assim como a rinoplastia realizada e a evolução pós-operatória, dependendo, principalmente, do organismo de cada paciente.

 

No caso dos narizes caucasianos, há sim uma maior previsibilidade de resultado, no entanto, esta não pode ser entendida como promessa.

 

Caberá ao cirurgião escolhido a avaliação minuciosa e pormenorizada de cada caso, bem como o esclarecimento das técnicas escolhidas e possibilitadas pela rinoplastia, na tentativa de solucionar a queixa principal do paciente, preservando seus traços e características étnicas e pessoais, visando um resultado natural.

 

 

Saiba como encontrar um bom cirurgião .

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados