Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Rinoplastia de aumento – Análise de Caso

 

 

Se você acredita que seu nariz tem dorso baixo ou parece achatado, continue a leitura desse artigo.

Trouxemos uma análise de caso fictícia para ilustrar como é feita uma rinoplastia em um nariz com dorso baixo e ponta larga.

 

NARIZ DE DORSO BAIXO

 

Facilmente identificado quando o paciente é visto de perfil, o nariz de dorso baixo é, prioritariamente, uma característica genética, étnica.

 

Ainda que não seja tão comum quanto o de dorso alto, o também chamado popularmente de “nariz de tobogã” apresenta um aspecto achatado, em virtude da cavidade encontrada entre a base do nariz e sua ponta.

 

O nariz de dorso baixo é uma das poucas indicações de rinomodelação, principalmente, se a necessidade de aumento for pequena, exigindo pouco volume de ácido hialurônico para atingir o formado desejado.

 

Felizmente, na maior parte dos casos, a característica desse tipo de nariz não influencia na sua funcionalidade.

Acompanhe o caso abaixo e veja como a rinoplastia deve ser feita.

 

A AVALIAÇÃO DA PACIENTE

 

A paciente foi avaliada de acordo com os protocolos indicados para a primeira consulta.

Queixa principal: dorso rebaixado e ponta larga.

Através do exame físico e das fotos, na primeira consulta, foi possível constatar o rebaixamento do dorso nasal e a largura da ponta, que causava o desequilíbrio da harmonia facial. Não havia desvio de septo e nem prejuízo funcional.

 

PREVISIBILIDADE DO RESULTADO

 

Os softwares utilizados atualmente facilitam a visualização de possíveis resultados, diante da técnica a ser realizada na rinoplastia.

Geralmente, para o aumento nasal, a previsibilidade é positiva e o paciente pode ter uma ideia de como o nariz pode ficar, depois da cirurgia.

Com as fotos da paciente e com as opções de plano cirúrgico, foi possível simular dois resultados para a cirurgia que dependeriam da quantidade de enxerto disponível para a mudança do formato nasal.

 

A CIRURGIA

Tipo de rinoplastia: rinoplastia primária para aumento de dorso nasal e correção de largura da ponta nasal

Tempo de cirurgia: Entre duas horas e meia e três horas.

Tipo de anestesia: Geral

Manejos utilizados:

  • Aumento do dorso nasal através de enxertos costais, já que a cartilagem do septo não era suficiente para a realização da técnica.

 

  • Correção da largura e formato da ponta nasal – enxertos da costela e suturas foram utilizados para sustentação e definição da ponta nasal, além de uma pequena ressecção das asas nasais, para uma melhor harmonia facial.

 

EVOLUÇÃO E RESULTADO

 

O pós-operatório seguiu como esperado. Foi tranquilo e já na primeira troca de curativos foi possível visualizar a mudança realizada, similar a uma das opções obtidas através do software de simulação e previsibilidade. Obviamente, foi necessário aguardar cerca de 8 meses para que o resultado final fosse alcançado, com todos os edemas absorvidos pelo organismo da paciente.

 

ATENÇÃO!

Os casos relatados nessa série de artigos são ilustrativos, com o intuito de facilitar o entendimento das técnicas utilizadas, buscando o resultado pretendido.

É importante dizer que cada caso é único, assim como a rinoplastia realizada e a evolução pós-operatória, dependendo, principalmente, do organismo de cada paciente.

 

Saiba como encontrar um bom cirurgião .

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados