Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Rinoplastia para afinar o Nariz

 

 

 

Você já sabe que quem busca por uma Rinoplastia visa corrigir algum incômodo relacionado à funcionalidade ou à proporcionalidade nasal.

 

Em resumo, a cirurgia do nariz pode:

– Alterar o formato ou o tamanho do nariz

– Realinhar o ângulo naso-labial

– Diminuir ou aumentar a largura das narinas

No artigo de hoje vamos ter como foco as técnicas utilizadas para quem busca afinar o nariz.

 

 

COMO SABER SE TENHO UM NARIZ LARGO?

 

De acordo com os parâmetros de análise e simetria e propocionalidade nasal, um nariz pode ser considerado largo quando as asas nasais ultrapassam a linha entre os cantos internos dos olhos.

Trata-se de uma medida de orientação, uma vez que cada pessoa tem suas próprias proporções faciais e, também, particularidades raciais. Ou seja, é preciso lembrar que essa regra não é absoluta. Por exemplo, um paciente com traços negroides tem essa estrutura do nariz mais acentuada e a naturalidade deve ser premissa básica para alcançar os resultados.

 

Há casos em que nariz largo pode ser percebido pelo dorso nasal, quando ele se apresenta mais rebaixado e achatado.

 

A largura do nariz também pode ser percebida na base e ponta nasais. Quando a cartilagem dessa região é grande, o nariz se apresenta mis largo. Há casos em que a queda da ponta também pode causar a impressão de largura nasal.

 

 

Em todos os casos supracitados, a rinoplastia se dá considerando a individualidade de cada paciente, associando as técnicas cirúrgicas existentes para a solução da queixa principal.

 

 

COMO É A RINOPLASTIA?

 

A técnica cirúrgica utilizada na rinoplastia para afinar o nariz, quando a sua largura é notada na base alar, é a ressecção das asas nasais. O cirurgião se encarrega de retirar um segmento de tecido localizado nas laterais das narinas.

 

Quando o aspecto largo do nariz tem relação com o dorso nasal, o procedimento é voltado para a melhoria do seu formato através de enxertos de cartilagens nessa região ou, em outros casos, na remodelação da estrutura óssea e cartilaginosa através de osteotomia, fazendo com que os traços nasais fiquem mais finos, retilíneos e harmoniosos.

 

Já quando a largura do nariz tem relação com a ponta nasal, a correção é feita através da redução da cartilagem e utilização de suturas para o refinamento dessa região.

 

O cirurgião também se preocupa com a força e com a sustentação da estrutura nasal e, por esse motivo também acaba manipulando a ponta nasal.

 

 

Há casos em que alguns pacientes procuram um cirurgião especializado em rinoplastia para corrigir um excesso de ressecção nasal, advindo de uma rinoplastia anterior.

 

Para essa correção, o cirurgião deverá lançar mão de técnicas minuciosas de enxertos visando tornar mais natural o novo resultado.

 

 

A ESPESSURA DA PELE DEVE SER LEVADA EM CONSIDERAÇÃO

 

 

Não só na rinoplastia voltada para a correção da largura nasal, mas também para todas as outras técnicas utilizadas na rinoplastia, a espessura da pele deve ser levada em consideração.

 

O tipo de pele de cada paciente determina o nível de complexidade cirúrgica, uma vez que a:

  • Pele fina: evidencia toda a estrutura nasal e sua alteração. Ou seja, qualquer modificação na estrutura do nariz será notada.
  • Pele grossa: de certa forma, esconde a estrutura nasal e exige uma tensão maior da pele e um fortalecimento das estruturas nasais com enxertos de cartilagem, para que o resultado seja visível e satisfatório para o paciente.

 

 

É importante lembrar que o alinhamento das expectativas e possibilidades entre paciente e o cirurgião é fundamental. Já na primeira consulta, o profissional deve explicar o que as técnicas cirúrgicas de uma rinoplastia podem oferecer para solucionar a queixa trazida.

 

Saiba como encontrar um bom cirurgião, clicando aqui.

 

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados