Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

O que são enxertos ósseos e como são utilizados na correção do nariz torto e na rinoplastia em geral

 

Se você chegou até este artigo depois de uma pesquisa no Google, publicações nas redes sociais ou recomendações em grupos de WhatsApp, provavelmente está pesquisando bastante sobre rinoplastia e pretende passar pela cirurgia em breve. Nas suas pesquisas você deve ter se deparado com um termo bastante utilizado pelos otorrinos especializados nesse tipo de procedimento: os enxertos ósseos do septo nasal.

 

Mas, afinal, o que são enxertos ósseos do septo nasal e como eles podem ajudar na sua rinoplastia? Em linhas gerais, entende-se como enxerto ósseo o procedimento cirúrgico que consiste na retirada de um fragmento do osso de uma parte do corpo do paciente, que será colocado no local que se pretende reparar. No caso da rinoplastia ou da rinosseptoplastia, esse fragmento é retirado da parte óssea do septo nasal.

 

A técnica elimina a reação do organismo contra um corpo estranho. Além disso, o procedimento é pouco invasivo, pois o enxerto utilizado é da própria parte operada.

 

Nariz torto e desvio de septo

 

A principal causa do nariz torto é a curvatura do septo, ou seja, da estrutura ósseo cartilaginosa que divide as narinas. Normalmente, essa curva não pode ser corrigida com pontos ou com a retirada de cartilagem.

 

Por meio da técnica do enxerto ósseo, o otorrino retira uma pequena placa do osso do septo, que possui pouco menos de 1mm de espessura, e aplica essa placa sobre a parte exata do septo que está desviada, cobrindo o segmento côncavo e tornando o septo reto. O procedimento pode ser adotado tanto para fins estéticos, quanto funcionais.

 

Outras vantagens e aplicações

 

O enxerto ósseo do septo não é utilizado apenas para correção do nariz torto ou desvio de septo. Independentemente da indicação ou motivação da rinoplastia, em boa parte dos casos, o uso do enxerto ósseo septal serve para economizar o uso da cartilagem, e ainda existe a vantagem de ser mais fino e mais resistente. Ele pode ser utilizado em áreas onde a cartilagem ocuparia muito espaço, como a região de válvula, por exemplo.

 

O enxerto ósseo do septo também é vantajoso em pacientes que já foram operados e tiveram boa parte da cartilagem utilizada nas cirurgias anteriores. Normalmente, eles possuem o septo ósseo íntegro. Vale lembrar que é necessária a tomografia computadorizada dos seios da face antes da cirurgia, para verificar se esse enxerto pode ou não ser utilizado.

 

Além de corrigir segmentos curvos, o enxerto ósseo do septo também pode ser utilizado como estabilizador dos enxertos de ponta: ele é colocado na ponta do nariz para evitar que ela entorte ou perca o eixo com o passar do tempo.

 

Se você está decidido a procurar um médico, especialista em rinoplastia, para resolver todo o desconforto causado pelo nariz torto, converse com o seu cirurgião sobre a possibilidade de enxerto ósseo. Tire as suas dúvidas e escolha com cuidado o profissional para realizar o procedimento. Sua saúde e estética facial merecem atenção.

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRM 9674

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados