Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Redução do dorso nasal: como diminuir o tamanho do nariz

 

Todo cirurgião nasal está acostumado a ouvir queixas relacionadas ao nariz, sejam elas por questões estéticas, funcionais, ou as duas. E quando o assunto é correção de assimetria, pode-se dizer que uma das reclamações mais frequentes é a do tamanho do dorso nasal: a parte da estrutura do nariz formada por osso nasal e cartilagens, que ocupa o terço médio superior do nariz.

 

As pessoas que se queixam do aumento do dorso, normalmente, apresentam uma desproporção do dorso em relação ao rosto.

 

Características de dorso alto

 

Um cirurgião nasal, com experiência na área, está apto a analisar a simetria do rosto do paciente como um todo e, a partir desta análise, dizer se o dorso está desproporcional. É preciso avaliar quais as estruturas são responsáveis pela desproporção do nariz em relação ao rosto. Na maioria dos casos, o aumento do dorso está relacionado também com assimetrias na ponta do nariz. Uma ponta baixa, por exemplo, deixa a sensação de que o nariz é ainda maior, sobretudo de perfil.

 

O nariz com as características citadas acima, ainda pode apresentar um ossinho saliente no dorso, chamado de “giba”, além das cartilagens serem aumentadas. Lembrando que em todos estes casos, a estética do nariz pode estar ligada à funcionalidade. Um paciente com dorso alto também pode apresentar alguma tortuosidade e assimetrias nas linhas dorsais. Nestes casos, a correção deve abranger a altura do dorso a as demais desproporções.

 

A boa notícia para os pacientes com o dorso aumentado é que, na maioria dos casos, a rinoplastia pode harmonizar o nariz em relação à face, por meio da busca da proporcionalidade entre o dorso e a ponta nasal, e também entre o nariz e o restante do rosto.

 

Rinoplastia de redução

 

Para diminuir o dorso nasal, o médico especialista pode utilizar diversas técnicas cirúrgicas, como a redução do excesso de cartilagem e de osso, por meio de raspagem, lixamento, além de fraturas e, em alguns casos, com equipamentos cirúrgicos modernos para controlar irregularidades.

 

A cirurgia para diminuir o dorso apresenta uma boa margem de previsibilidade do resultado, e o médico, em geral, tem mais controle sobre o procedimento. Na maioria dos casos, o paciente precisa passar por uma reconstrução nasal, com enxertos ósseos do próprio septo nasal do paciente. O objetivo é estruturar as regiões modificadas e garantir um resultado duradouro, preciso e estável. Lembrando que o resultado da cirurgia é visto com o passar do tempo. O dorso, por exemplo, desincha com maior rapidez, demora, em média, três meses. Já a ponta, pode demorar mais de um ano.

 

Orientação

 

O paciente insatisfeito com o tamanho do dorso do nariz, deve procurar um cirurgião nasal, com experiência neste tipo de procedimento cirúrgico. É importante observar se o profissional é cadastrado no Conselho Regional de Medicina e se respeita a proporcionalidade e individualidade do paciente.

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados