Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Os quatro passos importantes para uma rinoplastia bem-sucedida

Para que uma rinoplastia seja realizada de forma segura e bem-sucedida, o caminho não depende apenas do cirurgião. É preciso levar em conta alguns fatores cruciais para que o resultado seja aquele que o paciente tanto esperava. No artigo de hoje, nós vamos falar sobre quatro pontos importantes para quem vai realizar o procedimento.

Escolha de um bom cirurgião

 

Será ele o responsável por alinhar suas expectativas às possibilidades. Ele é o profissional capacitado para detectar as suas queixas em relação à funcionalidade e à proporcionalidade do nariz e avaliar se a cirurgia é realmente a melhor indicação para o seu caso.

 

Faça uma pesquisa detalhada sobre o registro e histórico do profissional. Você deve começar procurando pelo seu cadastro no órgão regulamentador da classe. No caso, o Conselho Regional de Medicina – CRM. No site do CREMEGO você consegue fazer essa busca. Assim poderá ter certeza de que seu médico está regular em sua função.

 

Boa análise entre expectativa e resultado

 

Durante a primeira consulta, o paciente leva suas queixas ao cirurgião. Ele é avaliado com base nos parâmetros de análise de simetria e proporcionalidade nasal. O especialista apresenta as possibilidades existentes para utilizar as técnicas da rinoplastia, visando a mudança desejada.

O alinhamento entre cirurgião e paciente quanto às expectativas é o primeiro passo para que os resultados sejam os mais naturais possíveis. Há pacientes que desejam mudanças radicais que, por sua vez, apresentam maiores chances de apresentarem resultados com aspecto artificial.

 

Bom hospital e equipe preparada

 

O sucesso de uma rinoplastia não depende unicamente do cirurgião. Primeiramente, é preciso ter condições físicas perfeitas para a realização do procedimento. Para isso, a escolha de um bom hospital é fundamental. Além disso, há um grande time, escalado pelo cirurgião, que trabalha em conjunto para garantir a qualidade e, sobretudo, a segurança da cirurgia.

 

Em uma equipe cirúrgica, estão presentes, além do cirurgião principal e seu auxiliar, o médico anestesista, o instrumentador cirúrgico, o enfermeiro chefe e o circulante. Essa equipe é de total responsabilidade e comando do cirurgião. É ele quem coordena todos os profissionais envolvidos no procedimento, cada um com sua função e obrigação.

 

Bom pós-operatório

 

O pós-operatório é um momento crucial da caminhada rumo ao resultado pretendido. É importante seguir as orientações médicas para que esse período transcorra sem intercorrências.

 

Os cuidados iniciais na recuperação da rinoplastia incluem, além do repouso relativo de 7 dias, o uso de um splint nasal, que é uma espécie de tala que serve para imobilizar e acomodar melhor a nova estrutura.

 

Outros cuidados devem ser considerados: cabeça e troncos inclinados nos primeiros dias; alimentação saudável; curativos e lavagens feitos de forma correta; e cuidados com a pele para que tenha uma boa cicatrização.

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

 

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados