Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Tudo que você precisa saber sobre a rinoplastia

A rinoplastia é uma cirurgia eletiva e está entre as cinco cirurgias mais realizadas em todo o mundo. Basicamente, é voltada para duas finalidades: correção funcional ou a melhora da harmonia facial. A decisão de passar pelo procedimento deve ser tomada de forma consciente e todo o processo deve ser considerado para que tudo transcorra com tranquilidade, incluindo os cuidados que devem ser tomados antes, durante e depois da cirurgia.

 

Para esclarecer algumas destas questões, preparei este artigo com um compilado de dúvidas mais frequentes que recebo no consultório. Continue a leitura e fique por dentro de tudo que você precisa saber sobre a rinoplastia.

 

O QUE É?

 

O nariz é fundamental no equilíbrio do corpo. As suas alterações trazem grande impacto na autoestima e na qualidade de vida das pessoas. A rinoplastia busca alcançar essa harmonia facial, tratando as alterações estéticas e funcionais do nariz. As correções podem ser feitas em razão de fatores genéticos ou pós-traumáticas.

 

A pele do nariz é sustentada internamente por estruturas ósseas e cartilaginosas. A remodelação destas estruturas, seja reduzindo ou aumentando, pode corrigir alterações no dorso, na ponta ou na largura do nariz.

 

É importante destacar que cada caso é avaliado individualmente, não há uma forma genérica para todas as pessoas. O paciente levará as suas queixas ao cirurgião e ele se encarregará de aplicar a melhor técnica, de acordo com o plano cirúrgico individualizado.

 

TIPOS DE TÉCNICA

 

A rinoplastia evoluiu ao longo dos anos e as técnicas e abordagens foram se aprimorando para que os resultados pretendidos sejam, de fato, alcançados. Entre as técnicas, temos:

 

Rinoplastia estruturada: é um conceito relativamente novo, criado nos anos 90, nos Estados Unidos, e consiste em realizar a alteração necessária no nariz, dando atenção ao manejo e à sustentação da ponta nasal. Nela, são usados enxertos de cartilagem, retirados do próprio septo ou de outras partes do corpo do paciente (orelha ou costela). É a técnica mais utilizada pelos cirurgiões e traz grande refinamento aos resultados.

 

Rinoplastia preservadora: o conceito é defendido por Dr. Wilson Dewes, pioneiro no Brasil, e Dr. Yves Saban, um dos mais renomados cirurgiões de rinoplastia da Europa. Eles defendem a preservação da estrutura nasal original do paciente, evitando o exagero no uso de ressecções e enxertos, tornando o procedimento menos invasivo. Durante a cirurgia, o cirurgião faz as alterações necessárias com ligamentos naturais presos à pele.

 

Em relação às abordagens, basicamente são duas utilizadas para que se torne possível sanar as queixas dos pacientes: aberta e fechada. Na rinoplastia aberta, faz-se uma pequena incisão que fica escondida abaixo da ponta nasal. Já na fechada, a incisão é realizada apenas na parte interna do nariz.

 

Em ambas, pode ser feito o tratamento da asa nasal, dependendo da necessidade de cada paciente. A incisão é realizada nas laterais do nariz, e as cicatrizes ficam escondidas no sulco nasal. Vale lembrar que as cicatrizes amadurecem e ficam imperceptíveis com o tempo.

 

PREPARAÇÃO

 

Depois de escolher o cirurgião responsável pela sua rinoplastia e marcar a data da cirurgia, é preciso se preparar. Programe sua vida diária e social antes do procedimento, tomando os cuidados necessários. É importante que esteja em boas condições de saúde para fazer a cirurgia.

 

Na consulta com o médico, é realizada a avaliação física completa e são solicitados os exames laboratoriais. São necessários: hemograma completo; coagulograma; bioquímica básica (Glicose, Ureia, Creatinina, Sódio, Potássio, Beta-HCG para mulheres em idade fértil); e eletrocardiograma. Há alguns facultativos, aqueles que dependem da avaliação feita pelo médico, como: raio x do tórax; tomografia dos seios nasais; e cocardiograma.

 

Informe os remédios que você usa, pois alguns devem ser suspensos, como os anticoagulantes. Também é aconselhável interromper o consumo de bebidas alcoólicas e cigarro antes do procedimento.

 

Oito horas antes, deve-se fazer um jejum absoluto de alimentos sólidos e líquidos. O tempo de cirurgia, interação e tipo de anestesia serão informados pelo médico. Outras recomendações específicas, como curativo, cicatrização, exposição solar e atividades esportivas serão dadas pelo médico.

 

PÓS-OPERATÓRIO

 

Após o procedimento, é necessário seguir as recomendações receitadas pelo seu médico. Independentemente do tipo de rinoplastia, os cuidados do pós-operatório seguem o mesmo caminho.

 

Os cuidados iniciais incluem, além do repouso relativo de sete dias, o uso de um splint nasal – uma espécie de tala que serve para imobilizar e acomodar melhor a nova estrutura. O curativo deve ser mantido pelo tempo determinado pelo médico. O uso de soluções nasais pode ser indicado para limpeza e desobstrução do nariz.

 

Em relação à alimentação, o ideal é que, nos três primeiros dias, o paciente se alimente com comidas mais leves, frias e pastosas para não ter muito esforço na mastigação.

 

Quanto às atividades físicas, é importante se resguardar por pelo menos quatro semanas. E a exposição ao sol só é permitida a partir do momento em que os hematomas desaparecem, mas a exposição plena ao sol, só depois de 60 dias.

 

RESULTADOS

 

Os resultados de uma rinoplastia podem ser percebidos após um ou dois meses de cirurgia, vai depender do paciente e do tipo de procedimento. É possível notar a definição do perfil entre oito e dez semanas de cirurgia. Aproximadamente um ano depois, o novo nariz se define por completo.

 

Em geral, o pós-operatório de uma rinoplastia é mais tranquilo do que qualquer outra cirurgia plástica. As complicações são raras, devido ao preparo realizado no pré-operatório e os cuidados oferecidos durante e após o procedimento.

 

Converse sobre suas expectativas com o médico. Juntos, poderão discutir as técnicas existentes e ver qual delas é a mais indicada para o seu caso. E lembre-se: a cirurgia é um dos caminhos para conquistar mais autoconfiança e melhorar a qualidade de vida.

 

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados