Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Rinoplastia Primária em Nariz com PMMA – Análise de Caso

 

As alternativas encontradas hoje para a alteração do formato nasal são bem-vindas, quando bem utilizadas e com o material indicado. A rinomodelação pode ser feita para o refinamento do nariz e para a correção de pequenas deformidades e o ácido hialurônico é o material mais indicado para esse procedimento.

 

Os pacientes que se submetem a uma rinomodelação não estão impedidos de fazerem uma rinoplastia. O ácido hialurônico é o material mais indicado para o procedimento, por ser absorvível e mais fácil de ser removido durante uma cirurgia de nariz. Já o PMMA não é absorvido pelo organismo, o que torna a sua retirada mais complexa, mas não inviabiliza a cirurgia.

 

O artigo de hoje traz uma análise de caso fictícia, para ilustrar como é feita uma rinoplastia em um nariz que foi previamente remodelado com o uso de PMMA.

 

PMMA

 

Polimetilmetacrilato é o composto conhecido como PMMA.

 

Trata-se de um material não absorvível pelo organismo humano, ao contrário do ácido hialurônico.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina, esse material utilizado em grandes quantidades pode causar reações inesperadas como: necroses, nódulos, inflamações e rejeições.

Apesar de não indicado, ele ainda é utilizado para preenchimentos no nariz como uma alternativa para pacientes que ainda não se decidiram pela rinoplastia.

 

É importante dizer que o fato de ter um nariz remodelado com PMMA não impede uma rinoplastia, ainda que torne o procedimento mais complexo e desafiador para o cirurgião.

Acompanhe o caso abaixo e veja como a cirurgia deve ser feita, nesses casos.

 

 

A AVALIAÇÃO DA PACIENTE

 

A paciente foi avaliada de acordo com os protocolos indicados para a primeira consulta.

Queixa principal: giba nasal e ponta caída previamente corrigidas com PMMA.

Depois de constatar a quantidade de PMMA inserida no nariz, o plano cirúrgico pôde ser traçado. A rinoplastia planejada visava retirar o produto e corrigir as deformidades queixadas pela paciente. Através de fotos antigas, anteriores à rinomodelação, foi possível ter uma ideia de como era o nariz e das correções necessárias, assim que o material fosse retirado, durante a rinoplastia.

A previsibilidade apontava para um nariz com formatos naturais, sem giba nasal, com a ponta levemente elevada e sem PMMA.

 

A CIRURGIA

 

Tipo de rinoplastia: rinoplastia primária para correção de giba nasal, rotação de ponta e retirada de PMMA.

Tempo de cirurgia: Entre três e quatro horas.

Tipo de anestesia: Geral

Manejos utilizados:

  • Retirada do polimetilmetacrilato com raspagem do material e, consequentemente, uma grande ressecção do tecido da ponta nasal.
  • Correção da giba nasal com raspagem do osso e enxertos para regular a altura do dorso, em virtude da retirada do PMMA.
  • Correção da queda da ponta nasal – com rotação, suturas e enxertos para melhora do formato e sustentação.

Nesse caso, a reconstrução com enxertos foi obrigatória. Houve necessidade de utilizar uma grande quantidade de enxertos costais, em virtude da alteração importante da estrutura nasal, após a retirada do PMMA.

 

EVOLUÇÃO E RESULTADO

 

A paciente teve uma evolução positiva durante o  pós-operatório, ainda que tenha relatado uma demora maior para a absorção dos edemas e hematomas e uma dormência na região do lábio superior e dos dentes.

 

ATENÇÃO!

 

Os casos relatados nessa série de artigos são ilustrativos, com o intuito de facilitar o entendimento das técnicas utilizadas, buscando o resultado pretendido.

É importante dizer que cada caso é único, assim como a rinoplastia realizada e a evolução pós-operatória, dependendo, principalmente, do organismo de cada paciente.

 

Saiba como encontrar um bom cirurgião .

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados