Ed. New York Square Av. 136, 797

Ala B - Cj. 1105 – Setor Sul Goiânia - GO

Tudo sobre o Nariz de Dorso Alto

 

Quem cogita uma cirurgia no nariz geralmente tem queixas relacionadas a questões estéticas ou funcionais, ou ambas. Se você acompanha o nosso blog, provavelmente já viu que o nariz é uma parte delicada do rosto que interfere diretamente no aspecto e na simetria da face, já que a sua localização e formato são responsáveis pelo equilíbrio facial.

 

O nariz é formado por fossas nasais e pela pirâmide nasal que, por sua vez, é a que forma a proeminência no rosto. Formado por ossos da parte superior do nariz, pelo septo e por cartilagens triangulares na parte média e inferior, o dorso nasal ocupa o terço médio superior do nariz.

 

Comumente ele pode se apresentar mais baixo, mais largo, com giba ou mais alto. O artigo de hoje será voltado para as características do nariz de dorso alto e como a rinoplastia pode corrigir essa variação.

 

CARACTERÍSTICAS

O nariz de dorso alto é encontrado em descendentes de europeus, caucasianos e italianos, sendo também um dos narizes mais operados. Caracterizado pelo excesso de osso e cartilagem nasal, esse tipo de nariz é facilmente percebido quando a pessoa é vista de perfil.

 

Na maioria dos casos, essa desproporção pode estar ligada a assimetrias de ponta nasal, já que uma ponta caída dá a percepção de um nariz maior.

 

Em consulta, o cirurgião avalia formato de rosto, altura do paciente e características faciais específicas, de acordo com os parâmetros de análise e medidas faciais. É comum que um paciente que tenha o dorso alto, também apresente tortuosidade na linha dorsal, fazendo assim com que a rinoplastia seja voltada para a correção da altura dorsal, bem como as demais proporções nasais.

 

 

COMO É A RINOPLASTIA NESSES CASOS?

 

A rinoplastia de redução é a técnica indicada para esse tipo de nariz, já que é feita para reduzir tamanho e larguras nasais. Por meio de raspagem, lixamento e, por vezes, fraturas controladas é possível reduzir o excesso de osso e cartilagens nasais que formam as irregularidades da região.

 

Quando há a presença de giba dorsal, chamada popularmente de caroço ou curva nasal, o cirurgião remove o excesso ósseo ou cartilaginoso, na mesma cirurgia.

 

Há casos em que o paciente precisa de enxertos cartilaginosos para que a ponta nasal seja melhor projetada de forma segura, firme e duradoura.

 

RESULTADO

 

A harmonização facial obtida nesses casos está ligada ao acerto das proporções nasais equilibrado com as características da face de cada paciente, considerando etnia, gênero e altura.

 

A margem de previsibilidade em rinoplastias para narizes de dorso alto é boa, já que o cirurgião tem grande controle sobre o procedimento. Ainda que o resultado final seja percebido entre oito e doze meses após o procedimento, o dorso nasal é a porção da região que desincha primeiro e, portanto, a alteração fica evidente, quando o paciente é visto de perfil.

 

Os candidatos que possuem esse tipo de queixa devem procurar um cirurgião capacitado que se responsabilizará pela análise do caso e planejamento da rinoplastia, que, por sua vez, deve prezar por um resultado natural, preservando características étnicas e individuais de cada paciente.

 

Dr. Ricardo Ferri – Otorrinolaringologista e Rinoplastia – CRMGO 9674 / RQE 4573

www.instagram.com/dr.ricardoferri

 

Compartilhe:

Dr Ferri

“A arte da rinoplastia não recai unicamente na maestria da técnica, mas também, e sobretudo, na habilidade de compreender os objetivos e as motivações de cada paciente.” – Dr. Ricardo Ferri

Saiba mais

Leia sobre

Assine nossa newsletter

    Receba novidades sobre o segmento e seja notificado sobre novidades. Não se preocupe, não enviaremos nenhum Spam.

    Entre em contato








      ricardoferri@ricardoferri.com.br

       

      +55 11 62 3924 1300     +55 11 9 8179 2388

       

      Ed. New York Square Av. 136, 797 – Ala B – Cj.

      1105 – Setor Sul Goiânia – GO – CEP 74093-250

      Copyright 2022 - DR Ricardo Ferri – Todos os direitos reservados